12 jan 2017

Como lidar com a ansiedade?

Você sabe lidar com a sua ansiedade? A ansiedade é inerente ao ser humano mas pode se tornar prejudicial quando for mal dosada. De forma geral, ela pode gerar incômodo quando a pessoa vive em um estado de alerta constante, com uma preocupação excessiva sobre o que está por vir, afetando sua qualidade de vida. Aquela eventual […]

Você sabe lidar com a sua ansiedade?

A ansiedade é inerente ao ser humano mas pode se tornar prejudicial quando for mal dosada. De forma geral, ela pode gerar incômodo quando a pessoa vive em um estado de alerta constante, com uma preocupação excessiva sobre o que está por vir, afetando sua qualidade de vida.

Aquela eventual ansiedade por causa de pendências no trabalho ou problemas pessoais é comum e todos estamos sujeitos a ela. Uma das maneiras de amenizar esse estado de preocupação é aceitar a incerteza, que nem tudo tem resposta.

Nesse sentido, pensar que tudo vai dar errado não vai ajudar em nada, apenas aumenta a sua ansiedade. Algumas perguntas são valiosas no manejo da ansiedade, então eu vou compartilhar aqui com vocês:

O que de pior pode acontecer?

O que de melhor pode acontecer?

E o que é mais provável que aconteça?

Qual a importância disso daqui a um ano? E daqui a 5 anos ou 10 anos?

Essa preocupação é produtiva ou improdutiva? Estou me preocupando demais com coisas sobre as quais tenho controle ou sobre as quais tenho pouco ou nenhum controle?

Como você maneja a sua ansiedade? Se tiver alguma estratégia, sinta-se à vontade para compartilhar com a gente!

artigos relacionadas

13 dez 2016

Quando comprar é uma compulsão

Em clima de fim de ano, hora de comprar presentes de amigo oculto, para os filhos, amigos, pais, conhecidos. Nessa época, todo mundo acaba comprando mais do que o normal. Mas como saber que o comprar se tornou compulsivo? Para quem quer avaliar, este teste ajuda a entender essa relação. O transtorno Oniomania, como é […]

Em clima de fim de ano, hora de comprar presentes de amigo oculto, para os filhos, amigos, pais, conhecidos. Nessa época, todo mundo acaba comprando mais do que o normal. Mas como saber que o comprar se tornou compulsivo?

Para quem quer avaliar, este teste ajuda a entender essa relação. O transtorno Oniomania, como é chamado, atinge, em sua maioria, mulheres de 25 a 60 anos. Normalmente, essas pessoas compram e não usufruem o que foi adquirido, contraindo dívidas por itens desnecessários. O prazer é imediato, após um ciclo de ansiedade, e seguido por um arrependimento e tristeza.

Então a dica é aproveitar as festas de fim de ano sem exagerar no consumismo, pois o que fica do Natal são as risadas, os abraços e a partilha dos bons momentos!

artigos relacionadas