Terapia Cognitivo-Comportamental

A Terapia Cognitivo-Comportamental é uma abordagem focada em metas e na resolução de problemas.

Dentro desse modelo, acredita-se que não são as situações em si que determinam as emoções, mas sim como elas são processadas e interpretadas, ou seja, o significado atribuído as mesmas.

Imagine que você está sentado diante de uma parede branca. Você olha a parede e a vê como branca. No entanto, se diante dessa mesma parede você estiver usando um óculos com lentes vermelhas ou azuis, essa parede será “vista” como sendo de outra cor. Digamos que essas lentes representam a maneira como vemos as situações, ou como interpretamos as situações que nos acontecem.

O objetivo da terapia é ajudar o cliente a identificar as distorções de pensamentos, suas crenças limitadoras ou sabotadoras e promover a construção de crenças fortalecedoras, produzindo uma mudança tanto na sua maneira de processar os eventos, como na sua maneira de se ver, de ver o mundo e as pessoas que o cercam.

A terapia tem como finalidade auxiliar o cliente no seu processo de autoconhecimento, incluindo o desenvolvimento de inteligência emocional, habilidade de resolução de problemas, flexibilidade cognitiva, manejo da ansiedade, conflitos interpessoais, habilidades sociais, habilidades de comunicação, entre outras demandas.

Diferente do Coaching, a terapia não tem um número de sessões pré-estabelecido, mas o processo é avaliado periodicamente, tendo como norte, as metas estabelecidas pelo cliente junto com o terapeuta.